Dicas DeRose

Quer viajar com tranquilidade e aproveitar da melhor maneira todos os momentos do seu passeio? Então, confira a seguir as dicas da DeRose Viagens:

Viajando pela 1ª vez?

Se esta é sua primeira viagem, preste atenção em alguns detalhes que farão a diferença durante seu passeio. Em primeiro lugar, certifique-se de que escolheu o programa turístico que mais o agradou. Antes de fechar a compra, pegue o máximo de informações possível com seu agente de viagem – peça-lhe, inclusive, folhetos explicativos sobre cada roteiro. Não tenha vergonha de fazer isso. Ele sempre o atenderá com o máximo de gentileza e paciência.

Nunca deixe para arrumar sua mala nas últimas horas. Procure fazê-lo com pelo menos 24 horas antes do embarque. De preferência, coloque suas coisas na bagagem aos poucos ou faça uma lista do que acha que vai precisar.

Ao receber a passagem, cheque todos os dados – nome, data, número dos vôos e horários e, em especial, qual é o aeroporto que vai embarcar porque muitas das grandes cidades possuem mais de um – São Paulo, Londres etc. As companhias aéreas recomendam que se chegue ao aeroporto com no mínimo duas horas antes do embarque no caso de viagem internacional. Afinal, você não vai viajar sozinho no avião e o check in costuma não ser tão rápido – quanto mais próximo do embarque, mais a fila cresce.

Se você vai embarcar para o exterior, procure o posto da Polícia Federal no aeroporto e faça o registro dos equipamentos eletrônicos que lhe pertencem. Como câmera fotográfica, filmadora, computador (notebook), telefone celular etc. Isso é importante porque, na volta, evitará problemas com o fisco na alfândega. A polícia sugere muita atenção nas bagagens dentro do aeroporto, pois é comum que criminosos bem disfarçados ajam nesses locais em busca de equipamentos eletrônicos – principalmente notebooks; celulares – e dinheiro. Nunca deixe nenhum pertence seu sem alguém de confiança tomando conta.

É importante você nunca se esquecer que uma viagem começa antes do embarque. Gaste alguns minutos para se informar ao máximo a respeito dos países e lugares que vai visitar. Se possível, adquira pelo menos um livro de história do lugar, um bom guia e um mapa. No mínimo, saberá quais são as melhores atrações. Depois, poderá aproveitar melhor cada lugar, cada momento. Ao desembarcar em outro país, responda com seriedade às perguntas da Polícia Federal e da imigração.

Preste muita atenção quanto ao peso de sua bagagem e evite problemas. Os limites podem variar dependendo da companhia Aérea e de país para país . Quase sempre, para vôos domésticos seja no Brasil ou no exterior, é permitido transportar uma bagagem com um limite pode variar entre 20 e 26 quilos na classe econômica e 30 quilos para a classe executiva. Para vôos internacionais este limite é um pouco mais elástico, podendo em sua grande maioria transportar duas bagagens com limite de 30 quilos cada uma. Vale lembrar que para toda regra há uma exceção, solicite ao seu agente de viagens informações precisas com relação à companhia aérea que você vai utilizar! Por isso, é bom ficar de olho quando for comprar malas com rodinhas. Algumas têm um designer muito bonito, sofisticado e resistente, mas, quando vazias, podem ter até dez quilos de peso. Ou mais.

 

Outras orientações importantes

- Identifique suas bagagens – na parte interna e na externa – com seu nome, endereço, telefone. Para achar fácil sua mala ou sacola na esteira do aeroporto, faça sinais externos como fita, risco de tinta etc.
- Os agentes de viagem também orientam que se faça duas cópias de todos os documentos antes da partida. Leve uma contigo e deixe a outra com alguém de contato no Brasil. Pode funcionar como segurança no caso de roubo ou perda.
- Procure se informar sobre as condições climáticas do seu destino – diurnas e noturnas – e se previna contra frio ou calor em excesso. Dezembro e janeiro costumam ser muito frios no hemisfério norte.
- Leve na mão troca de roupa e um casaco.
- Quando chegar ao hotel, procure saber sobre a voltagem elétrica e não se esqueça de adaptadores de aparelhos elétricos, principalmente se vai levar celular e notebook.

 

Passaporte

O passaporte é o documento internacional de identificação de qualquer pessoa. Além de seus dados pessoais, consta o carimbo e o visto com a autorização de sua entrada, trânsito ou permanência em outros países – se for uma exigência do lugar. Portanto, se você vai para o exterior, deve providenciar seu passaporte com a máxima antecedência possível – pelo menos um mês antes. Se já o possui, verifique o prazo de validade, de modo a não correr o risco de expirar no decorrer da viagem – determinados países só concedem visto se a validade se estender por pelo menos seis meses após o início da viagem.

Para tirar o documento, passe numa papelaria e adquira o formulário de requerimento de passaporte (modelo 219), que deve ser preenchido a máquina ou em letra de forma legível e com o uso de caneta esferográfica azul. Em seguida, tire duas fotos na medida de 5x7 centímetros – podem ser datadas de, no máximo, seis meses – com fundo branco, de frente e sem adornos.

O passaporte só poderá ser requerido e retirado pelo próprio interessado. Junte os seguintes documentos a vá ao posto de atendimento ou nas unidades do Departamento de Polícia Federal: carteira de identidade ou certidão de nascimento – para menores de 18 anos –, título de eleitor com os comprovantes da última eleição, CPF e Certificado de Naturalização para os naturalizados. Se a pessoa for do sexo masculino e tem entre 18 e 45 anos precisa apresentar o certificado de reservista. Mulheres casadas e que ainda não regularizaram a situação da cédula de identidade, devem apresentar a certidão de casamento.

Os menores de 18 anos precisam de autorização expressa dos pais ou dos representantes legais específica para passaporte e com firma de autenticidade reconhecida em cartório. Você deverá pagar uma taxa nas agências do Banco do Brasil e pode receber o passaporte no mesmo dia, caso a papelada esteja correta. O documento requerido e não retirado no prazo de noventa dias será cancelado. Se você mora numa cidade sem postos de atendimento ou unidades da Polícia Federal, deve se dirigir à localidade mais próxima com esse serviço. Pode também comprar um kit completo numa agência dos Correios, composto de dois envelopes e formulário para preenchimento. Todos os documentos originais e as fotos devem ser enviados via postal.

Caso precise trocar o passaporte vencido ou invalidado por um novo, além de todos os documentos pessoais citados acima, você tem de levar o passaporte anterior para ser cancelado pelas delegacias ou postos do Departamento de Polícia Federal. Fique atento porque a não apresentação do mesmo por qualquer motivo implica em pagamento da taxa em dobro.

Se o seu passaporte foi perdido, extraviado ou roubado, o melhor a fazer é registrar imediatamente uma ocorrência policial. Desse modo, é possível impedir o uso indevido do documento. Mesmo assim, terá de pagar uma taxa para a retirada de um novo passaporte.

Se o extravio aconteceu num outro país, a Polícia Federal orienta que você procure imediatamente a embaixada ou consulado brasileiro mais próximo para que as autoridades o auxiliem na retirada de um novo passaporte ou documento específico – assim, conseguirá retornar ao país. Não deixe de levar na viagem, além do original, uma cópia do passaporte e da carteira de motorista, mesmo que não pretenda alugar um carro, pois pode surgir oportunidade.

 

Vacinas

Para entrar em determinados países ou mesmo viajar a algumas regiões do Brasil – principalmente Centro-oeste e Norte – é necessário que você apresente atestado de que tomou determinadas vacinas. Essa medida, quase sempre, tem a ver com a sua própria proteção. Prevenir-se contra a febre amarela, por exemplo, é uma das vacinas exigidas. É gratuita e pode ser adquirida nos postos de saúde do seu município ou estado. Se você vai para outro país, leve o passaporte ou apenas peça ao atendente para lhe dar um comprovante para a viagem.

Em algumas situações relacionadas ao funcionamento de seu organismo, porém, não se pode tomar certas vacinas. Como você quer ou precisa viajar, peça um laudo médico com os motivos pelos quais não pôde ser vacinado. Para quem quer ir ao hemisfério norte, o Ministério da Saúde orienta para que tome vacina contra gripe nos períodos considerados mais frios do ano.

Se o passeio é dentro do território brasileiro, especialmente para a região amazônica, a partir do Mato Grosso, você deverá providenciar também a vacina contra a febre amarela. Outras orientações são atualizar a vacinação antitetânica e fazer a vacinação contra a hepatite "B". Todas são fáceis de serem obtidas e, se fazem parte do Calendário Nacional, estão disponíveis nos Postos de Saúde da cidade.

HORÁRIO DE ATENDIMENTO
SEGUNDA A SEXTA-FEIRA
de 08hs até 12hs
de 13.30hs até 18hs
SÁBADOS
de 09hs até 12hs
NOSSA LOCALIZAÇÃO
Av. Benjamin Constant, 1512
Bairro Florestal
Lajeado/RS
FALE CONOSCO
(51) 3748-5801
(51) 3748-4375
deroseturismo@deroseturismo.com.br
COPYRIGHT DE ROSE TURISMO   -   TODOS OS DIREITOS RESERVADOS